Página Inicial

quinta-feira, 16 de março de 2017

6 conselhos para evitar interferência familiar em seu casamento


Você se casou com uma pessoa e ganhou a família inteira de brinde?
Vamos falar um pouco sobre isso...

A Família - Tarsila do Amaral


Pode-se dizer que o casamento se divide em esferas: 
( casal)  ( casal+ filhos)  ( casal+ pais do casal) ( casal+ cunhados/cunhadas) ( casal+ primos, tios, avós etc.)
E claro, Deus em meio a todas elas.
Todas essas esferas são compostas de relacionamentos interpessoais e exigem cuidados muito especiais quanto ao grau de intimidade e envolvimento nas decisões do casal.

não aguento mais minha sogra

Ter uma boa convivência com todas essas pessoas não significa abrir mão do respeito e da privacidade a que todo casal tem direito.É necessário que esses relacionamentos sejam equilibrados e obedeçam os limites impostos pelo casamento.
Se você já se casou, sabe muito bem do que estamos falando.Você certamente já passou ou passa por essa situação.Sempre tem alguém na família do cônjuge que incomoda de alguma forma, seja com atitudes ou palavras, ou até mesmo, porque você acha que ela não gosta de você.Mas a pior das hipóteses é quando os familiares acabam interferindo em seu matrimonio e você se sente impotente e frustrada porque não quer que seu marido se desentenda com a família ou porque, talvez, você já se desentendeu com seu marido porque acha que ele é culpado.
O que fazer para resolver isso? Não existe formula mágica ! Muitos casais já passaram por isso e muitos acabaram se separando por não suportar o fardo! A melhor resposta é buscar ajuda em Deus, com muito jejum e oração.Mas temos algumas dicas que podem ajudar:

1. Corte vínculos

Se você já percebeu que a pessoa é problemática, comece a podar as participações dela em sua vida: evite emprestar ou tomar emprestado, reduza as visitas à casa dela ou atividades que fazem juntas, não vá se aconselhar com ela e evite frequentar os mesmos lugares.
Não significa que você vai se tornar inimiga ou declarar guerra, apenas se distancie um pouco se você acha que essa pessoa pode prejudicar seu casamento.

2.Fale menos

Nunca fale mal do seu marido para os parentes/família dele.Além de ser anti-ético, vai ser um motivo a mais para você se tornar inimiga.
  Também não fique falando de seus problemas ou da intimidade de vocês.Ha um ditado que diz: " quem fala demais dá bom dia a cavalo". Já se imaginou conversando com um cavalo? Parece tao boba, né? Melhor nem tentar...

Resolvam seus problemas entre si; se for necessário, tenha alguém de confiança para desabafar, mas é melhor que seja alguém sem nenhum grau de parentesco e de elevado grau espiritual para te orientar à luz da Bíblia .

3.Fale menos ainda

Não fale mal dos parentes para seu marido.Lembre-se que ele viveu muitos anos com a família, antes de você aparecer, são amores antigos, que têm valor para ele.
Se você tiver que reclamar, faça isso com respeito, conte a ele o que aconteceu, mas sem desmerecer ninguém e sem mentir.
Vamos ver a diferença?
Caso 1- falando mal: aquela fofoqueira da sua irma esta falando de mim por aí, logo ela que não vale nada.
Caso 2 - reclamando: Soube que sua irmã falou mal de mim e não gostei .

A maneira como falamos pode mudar tudo.Quando você fala da família do seu marido, você o deixa  dividido, e em meio a essa confusão,ele pode se voltar contra você.

4. Não interfira

O que você não quer para si, também não vai querer para os outros né? Ninguém gosta de se sentir invadido, especialmente quando se trata da área conjugal.
Quando você interfere na vida do outro ou manipula as acoes do outro, dá a ele, legalidade para agir da mesma forma com você.
Então, se você não quer a interferência da família no seu casamento, também não interfira na vida de nenhum deles.Evite participar de assuntos que exigem tomadas de decisões, mas que não cabem à você.

5.Controle suas respostas

Sempre que alguém trouxer uma ideia, ou solução para os problemas de vocês,ou qualquer outra forma de interferência, ouça com atenção, diga com sinceridade o que pensa à respeito, mas não se exalte, apenas peça ao seu marido que não tome a decisão imediatamente.
Então, assim que estiverem às sós,converse com ele e mostre-o o motivo pelo qual você discorda da pessoa e deixe- o dar a opinião dele.A partir desse dialogo, poderão tomar a decisão juntos.

6.Seja confiável

Mostre ao seu marido o quanto você é sabia, equilibrada, forte, corajosa e todas as outras qualidades que possui.Faca isso sem forçar a barra.Suas atitudes falam por você!
Ele ira perceber que pode confiar em você , que você pode ser uma grande aliada, alem de esposa.
Dessa maneira, você e sua opinião serão a primeira opção para ele nas tomadas de decisões, pois ele sabe que pode confiar e contar com você, se houver pedras no caminho.
Seja amiga do seu esposo.Uma amiga confiável!

Uma dica extra que vai reger todas essas outras , pode ser encontrada em Hebreus12:14:

Esforçai-vos para viver em paz com todas as pessoas e em santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor. 

Seguindo essas dicas, você encontrará, aos poucos, o caminho certo para manter o equilíbrio no relacionamento com a família do seu amado.E vai acabar descobrindo, sozinha, outras maneiras de evitar confusões e intromissões em seu lar .Você é uma esposa intercessora e sabe que pode contar com a ajuda de Deus, peça à Ele sabedoria.

Reflita, reconsidere e siga em frente.Só não desista do seu casamento!

Beijos amadas, 
Fiquem na paz do Senhor Jesus Cristo!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!!
Fique mais um pouco, leia mais..

bjs