Página Inicial

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

De joelhos: Como orar?

Sabe aquele momento que queremos orar, mas não sabemos como? Quem nunca passou por isso né? Pior é que acabamos nos frustrando por isso.
Não precisamos nos frustrar, pois Deus deseja a oração mais sincera que podemos entrega-lo.

 Tu, porém, quando orares, vai para teu quarto e, após ter fechado a porta, orarás a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará plenamente. 
Mateus 6:6

De qualquer forma, se você continua tendo dificuldades, a escritora Stormie Omartian, nos responde a pergunta: “O que faço agora que estou de joelhos?”
Eu encontrei esse texto na minha bíblia “A bíblia da mulher que ora”, em um dos devocionais da escritora e achei muito interessante, por isso trouxe para vocês. São 10 passos para seguir na oração.

 Vejam:

Primeiro passo: Diga a Deus que está feliz porque Ele é seu pai celestial.
Diga: “Senhor, venho a Ti hoje para agradecer-te por seres meu pai celestial”.
Tal atitude estabelece seu relacionamento com Deus nos termos mais claros porque isso é o que Deus realmente é para você.
Segundo passo: Adore e louve a Deus.
Diga: “Senhor, eu te adoro por seres Quem és e por tudo o que fizeste”. Então, louve-o por tudo o que lhe vier à mente.
Terceiro passo:  Pense em algo sobre Deus que deseja agradecer especialmente e diga-o ao Senhor.
Diga: “Senhor, obrigada por seres mais poderoso que tudo o que eu venha a enfrentar ou qualquer inimigo que se oponha a mim”. Escolha outro atributo de Deus pelo qual está especialmente grata nesse dia.
Quarto passo: Entregue seu dia ao Senhor.
Diga: “Senhor, te entrego meu dia e peço que o abençoes”. Quando você coloca seu dia diante do Senhor e lhe pede que cuide dele, Deus a ajuda a vive-lo.
Quinto passo: Apresente-se ao Senhor.
Diga: “Senhor, eu me apresento a ti neste dia como ‘sacrifício vivo’ e peço que me ajudes a ser boa despenseira deste templo do teu Espírito”. Quando você apresenta seu corpo como “sacrifício vivo, santo e agradável a Deus” (Rm 12,1) está reconhecendo sua dependência dele física, espiritual e emocionalmente.
Sexto passo: Confesse seus pecados diante de Deus e peça-lhe que a ajude a viver de acordo do com a vontade dele.
Diga: “Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece as minhas inquietações. Vê se em minha conduta algo te ofende, e dirige-me pelo caminho eterno” (Sl 139.23-24). Ajuda-me a viver em obediência aos teus caminhos”. A Bíblia diz: “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda injustiça” (1 Jo1.9).



Sétimo passo: Peça a Deus que a ajude a usar apenas palavras que promovam vida.
Diga: “Senhor, ‘que as palavras da minha boca e a meditação do meu coração sejam agradáveis a ti, Senhor, minha Rocha e meu Resgatador! ’ (Sl 19.14). Que elas possam trazer vida e verdade a todos que as ouvirem”. Prepare seu coração, enchendo-o com a Palavra de Deus. Peça-lhe que controle sua boca, para que cada palavra que saia dos seus lábios seja amorosa, verdadeira, bondosa, consoladora, edificante, sábia, encorajadora e glorifique a Deus.
Oitavo passo: Peça a Deus o que necessita.
Diga: “Senhor, peço que atendas as minhas necessidades hoje”, e então as especifique.
Nono passo: Ore pela vontade de Deus em sua vida.
Diga: “Senhor, que a tua vontade seja feita em minha vida hoje e sempre”. Quanto mais pedimos a Deus que nos mantenha em sua perfeita vontade, tanto menor a possibilidade de acabarmos fora dela.
Décimo passo: Ore por outras pessoas e situações.
Diga: “ Senhor, oro pelas seguintes pessoas...”. Ore por qualquer situação que necessite das suas orações.
Termine sua oração dizendo: “Em nome de Jesus oro por todas essas coisas”.


Espero que esse post ajude quem ainda tem dificuldade para orar.

Beijos...
Fiquem na paz do Senhor Jesus Cristo!!


Um comentário:

  1. Gostei muito de ler!Obrigada.

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!!
Fique mais um pouco, leia mais..

bjs